RE: D?vidas na arquitectura de sistema baseado em OSGeo

classic Classic list List threaded Threaded
3 messages Options
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

RE: D?vidas na arquitectura de sistema baseado em OSGeo

dncarreira
Ola Hugo.

Dou a minha contribuicao abaixo (marcada com *), junto as questoes colocadas.

Cumps,
Duarte

-----Mensagem original-----
Date: Mon, 30 Jun 2008 12:38:13 +0100
From: " Hugo Andr? Carvalho Poeira " <[hidden email]>
Subject: [Portugal] D?vidas na arquitectura de sistema baseado em
        OSGeo
To: "Lista Portugal OSGeo" <[hidden email]>
Cc: [hidden email], [hidden email]
Message-ID:
        <[hidden email]>
Content-Type: text/plain; charset="windows-1252"

Olá a todos,



Estando o Núcleo de Informação Geográfica (NIG) do Departamento de Ambiente
e Espaços Verdes (DAEV) da CML, a desenvolver esforços no sentido de adoptar
no SIG do DAEV uma estrutura baseada em Software Livre, gostávamos de obter
algum feedback relativamente as nossas duvidas iniciais.





Pretendemos ter uma solução PostgreSQL/Postgis como banco de dados central,
servir informação através de Intranet e Internet (Web Map Services)... Qual a
arquitectura de sistema a implementar?
*Penso que a arquitectura mais simples sera ter uma maquina onde se instala todo o software, e avaliar a partir daqui a performance que se obtem.
Podem comecar por instalar numa so maquina o PostgreSQL+Postgis e o servidor Web (Apache ou IIS) e o servidor webgis (MapServer, GeoServer, ...). Mais tarde podem separar a bd da Web em 2 maquinas, ou mesmo separar os 3 componentes em 3 maquinas distintas.
Depois da instalacao e configuracao inicial so precisam de carregar os dados para o Postgis. Podem usar logo aqui uma aplicacao SIG que tenha a capacidade de carregar dados em Postgis, como o Quantum GIS. Pessoalmente tenho tido alguns problemas nesta fase com o gvSIG (caracteres portugueses).
Em seguida, configura-se um primeiro servico WMS no servidor webgis escolhido. E testa-se com um cliente qualquer desktop para começar - novamente o QGIS ou o gvSIG sao optimos candidatos. Alias, ate o ArcGIS serve... Todos estes programas conseguem conectar-se a servicos WMS. Um dos meus favoritos e o Gaia. Depois dos testes serem bem sucedidos ja o vosso servico WMS pode ser consumido por todas as aplicacoes consumidoras de servicos WMS. So tem de assegurar-se que o vosso servidor pode ser acedido a partir da Internet se quiserem dar acesso publico.
Como se criam servicos WMS? Passa sempre por definir uma configuracao de mapa, indicando os layers, os dados de cada layer, a simbologia, etc. No caso do MapServer pode ate ser usado o Notepad para criar um ficheiro de configuracao, mas e preciso seguir a sintaxe religiosamente... No GeoServer a configuracao e feita com uma interface Web, mas a simbologia tem de ser criada com SLD (o que pode ser considerado uma vantagem ou desvantagem consoante os gostos!).
Uma outra fase sera implementar o vosso próprio site de consulta e visualizacao dos servicos wms, mas esta fase quanto a mim nao sera obrigatoria. Depende dos vossos objectivos: i) querem publicar dados via WMS; ou ii) querem disponibilizar um visualizador desses dados? Podem querer i) ou ii), ou ainda ambos... Aqui podem usar o OpenLayers, ou o I3Geo, como ja foi sugerido, e muitas outras opcoes. A grande dificuldade, parece-me, sera a de escolher a opcao que se adequa com as capacidades de programacao Web de que dispoem. Ha opcoes para programadores (OpenLayers) e outras que exigem "apenas" uma configuracao do visualizador (I3Geo) e a instalacao de uma linguagem de programa web (eg PHP). E preciso procurar um pouco...
Depois surgirao ainda outras questoes sobre a publicitacao dos vossos serviços em portais e infraestruturas de dados como o SNIG, para que outras instituicoes e o publico possam encontrar-vos mais facilmente (novamente depende dos vossos objectivos).

Quais o meios técnicos informáticos necessários ao nível do hardware, e
quais devem ser os seus requisitos mínimos, tanto para servidor como para
cliente?
*Isto obviamente depende de varios factores, como sempre. Mas para uma bd Postgis com poucos clientes conectados, e com layers e queries nao muito pesados podem contar com 512MB de RAM ocupados. Mas isto facilmente sera ultrapassado dependendo dos dados e do n.º de clientes ligados em simultâneo. Mas para testes iniciais com poucos dados e poucos clientes deve ser suficiente. Para os servidores Web+webgis contem com outros 512MB, o que totaliza 1GB. Portanto para testes e como mínimo podem tentar usar uma maquina com 1GB de RAM, mas eu optaria sempre por 2GB... Na maquina cliente, qualquer PC actual que consiga executar o Word 2007 consegue executar o gvSIG, QGIS, ou Gaia. Aqui a grande limitacao com a memoria sera a capacidade de carregar shapefiles ou imagens "pesados". Isto sao observacoes que faco a partir da minha experiencia pessoal. Outros colegas poderao naturalmente discordar e apresentar outros numeros.
Penso que a grande questão nos recursos sera a dos recursos humanos. Deve haver uma reserva de tempo para dedicar 100% a uma primeira fase de investigacao, aprendizagem e crescimento tecnico. A pessoa a dedicar ao projecto se nao tiver conhecimentos web deve pelo menos ter alguma apetencia pela informática para que possa apreender novos conceitos facilmente. Todos estes softwares tem muita literatura de apoio e foruns de suporte. Mas e preciso conhecer o idioma informatico... e ter tempo.


Quais os softwares a ter em conta para a implementação desta solução, tanto
para produtores de IG como para utilizadores que consultam a informação?
*Para carregar informacao no Postgis usa-se o formato shapefile. Portanto, quem quer que produza shapefiles correctamente estara em condicoes de alimentar a bd, desde que se respeite o modelo de dados (tabelas, colunas, chaves, etc.). Mas - e isto pode ser discutível - parece-me que a facilidade de integracao depende das ferramentas que se escolher para carregar a informacao. Isto porque cada ferramenta tem a sua "mania" (leia-se limitacao). Com a experiencia e fazendo testes chega-se a nossa forma preferida de carregar dados, e a partir daqui chega-se aos requisitos.
Para consultar os servicos WMS e preciso apenas ter um software que se conecte, e de preferencia algum conhecimento sobre WMS e sistemas de coordenadas.

Não sei se me consegui explicar bem : ) espero que sim
*Eu é que espero ter conseguido explicar-me bem...!

Muito obrigado, cumprimentos

Hugo Poeira
_______________________________________________
Portugal mailing list
[hidden email]
http://lists.osgeo.org/mailman/listinfo/portugal
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

Re: D?vidas na arquitectura de sistema baseado em OSGeo

Hugo André Carvalho Poeira
 

Olá Duarte,

 

Muito obrigado pelo contributo, vamos ler com bastante atenção. Qualquer dúvida que surgir voltamos a falar.

 

Cumprimentos,

Hugo Poeira



 
Em 30/06/08, Duarte Carreira <[hidden email]> escreveu:
Ola Hugo.

Dou a minha contribuicao abaixo (marcada com *), junto as questoes colocadas.

Cumps,
Duarte

-----Mensagem original-----
Date: Mon, 30 Jun 2008 12:38:13 +0100
From: " Hugo Andr? Carvalho Poeira " <[hidden email]>
Subject: [Portugal] D?vidas na arquitectura de sistema baseado em
       OSGeo
To: "Lista Portugal OSGeo" <[hidden email]>
Cc: [hidden email], [hidden email]
Message-ID:
       <[hidden email]>
Content-Type: text/plain; charset="windows-1252"

Olá a todos,



Estando o Núcleo de Informação Geográfica (NIG) do Departamento de Ambiente
e Espaços Verdes (DAEV) da CML, a desenvolver esforços no sentido de adoptar
no SIG do DAEV uma estrutura baseada em Software Livre, gostávamos de obter
algum feedback relativamente as nossas duvidas iniciais.





Pretendemos ter uma solução PostgreSQL/Postgis como banco de dados central,
servir informação através de Intranet e Internet (Web Map Services)... Qual a
arquitectura de sistema a implementar?
*Penso que a arquitectura mais simples sera ter uma maquina onde se instala todo o software, e avaliar a partir daqui a performance que se obtem.
Podem comecar por instalar numa so maquina o PostgreSQL+Postgis e o servidor Web (Apache ou IIS) e o servidor webgis (MapServer, GeoServer, ...). Mais tarde podem separar a bd da Web em 2 maquinas, ou mesmo separar os 3 componentes em 3 maquinas distintas.
Depois da instalacao e configuracao inicial so precisam de carregar os dados para o Postgis. Podem usar logo aqui uma aplicacao SIG que tenha a capacidade de carregar dados em Postgis, como o Quantum GIS. Pessoalmente tenho tido alguns problemas nesta fase com o gvSIG (caracteres portugueses).
Em seguida, configura-se um primeiro servico WMS no servidor webgis escolhido. E testa-se com um cliente qualquer desktop para começar - novamente o QGIS ou o gvSIG sao optimos candidatos. Alias, ate o ArcGIS serve... Todos estes programas conseguem conectar-se a servicos WMS. Um dos meus favoritos e o Gaia. Depois dos testes serem bem sucedidos ja o vosso servico WMS pode ser consumido por todas as aplicacoes consumidoras de servicos WMS. So tem de assegurar-se que o vosso servidor pode ser acedido a partir da Internet se quiserem dar acesso publico.
Como se criam servicos WMS? Passa sempre por definir uma configuracao de mapa, indicando os layers, os dados de cada layer, a simbologia, etc. No caso do MapServer pode ate ser usado o Notepad para criar um ficheiro de configuracao, mas e preciso seguir a sintaxe religiosamente... No GeoServer a configuracao e feita com uma interface Web, mas a simbologia tem de ser criada com SLD (o que pode ser considerado uma vantagem ou desvantagem consoante os gostos!).
Uma outra fase sera implementar o vosso próprio site de consulta e visualizacao dos servicos wms, mas esta fase quanto a mim nao sera obrigatoria. Depende dos vossos objectivos: i) querem publicar dados via WMS; ou ii) querem disponibilizar um visualizador desses dados? Podem querer i) ou ii), ou ainda ambos... Aqui podem usar o OpenLayers, ou o I3Geo, como ja foi sugerido, e muitas outras opcoes. A grande dificuldade, parece-me, sera a de escolher a opcao que se adequa com as capacidades de programacao Web de que dispoem. Ha opcoes para programadores (OpenLayers) e outras que exigem "apenas" uma configuracao do visualizador (I3Geo) e a instalacao de uma linguagem de programa web (eg PHP). E preciso procurar um pouco...
Depois surgirao ainda outras questoes sobre a publicitacao dos vossos serviços em portais e infraestruturas de dados como o SNIG, para que outras instituicoes e o publico possam encontrar-vos mais facilmente (novamente depende dos vossos objectivos).

Quais o meios técnicos informáticos necessários ao nível do hardware, e
quais devem ser os seus requisitos mínimos, tanto para servidor como para
cliente?
*Isto obviamente depende de varios factores, como sempre. Mas para uma bd Postgis com poucos clientes conectados, e com layers e queries nao muito pesados podem contar com 512MB de RAM ocupados. Mas isto facilmente sera ultrapassado dependendo dos dados e do n.º de clientes ligados em simultâneo. Mas para testes iniciais com poucos dados e poucos clientes deve ser suficiente. Para os servidores Web+webgis contem com outros 512MB, o que totaliza 1GB. Portanto para testes e como mínimo podem tentar usar uma maquina com 1GB de RAM, mas eu optaria sempre por 2GB... Na maquina cliente, qualquer PC actual que consiga executar o Word 2007 consegue executar o gvSIG, QGIS, ou Gaia. Aqui a grande limitacao com a memoria sera a capacidade de carregar shapefiles ou imagens "pesados". Isto sao observacoes que faco a partir da minha experiencia pessoal. Outros colegas poderao naturalmente discordar e apresentar outros numeros.
Penso que a grande questão nos recursos sera a dos recursos humanos. Deve haver uma reserva de tempo para dedicar 100% a uma primeira fase de investigacao, aprendizagem e crescimento tecnico. A pessoa a dedicar ao projecto se nao tiver conhecimentos web deve pelo menos ter alguma apetencia pela informática para que possa apreender novos conceitos facilmente. Todos estes softwares tem muita literatura de apoio e foruns de suporte. Mas e preciso conhecer o idioma informatico... e ter tempo.


Quais os softwares a ter em conta para a implementação desta solução, tanto
para produtores de IG como para utilizadores que consultam a informação?
*Para carregar informacao no Postgis usa-se o formato shapefile. Portanto, quem quer que produza shapefiles correctamente estara em condicoes de alimentar a bd, desde que se respeite o modelo de dados (tabelas, colunas, chaves, etc.). Mas - e isto pode ser discutível - parece-me que a facilidade de integracao depende das ferramentas que se escolher para carregar a informacao. Isto porque cada ferramenta tem a sua "mania" (leia-se limitacao). Com a experiencia e fazendo testes chega-se a nossa forma preferida de carregar dados, e a partir daqui chega-se aos requisitos.
Para consultar os servicos WMS e preciso apenas ter um software que se conecte, e de preferencia algum conhecimento sobre WMS e sistemas de coordenadas.

Não sei se me consegui explicar bem : ) espero que sim
*Eu é que espero ter conseguido explicar-me bem...!

Muito obrigado, cumprimentos

Hugo Poeira
_______________________________________________
Portugal mailing list
[hidden email]
<a onclick="return top.js.OpenExtLink(window,event,this)" href="http://lists.osgeo.org/mailman/listinfo/portugal" target="_blank">http://lists.osgeo.org/mailman/listinfo/portugal


_______________________________________________
Portugal mailing list
[hidden email]
http://lists.osgeo.org/mailman/listinfo/portugal
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

Re: D?vidas na arquitectura de sistema baseado em OSGeo

MargaridaLaginha
Duarte
És o máximo!!!!
Obrigada sempre, por nos ajudares a crescer.
Só desta forma poderemos (Portugal) evoluir: de forma livre, aberta e cooperante. Não vejo mesmo outra.
Um beijo e abraço
Margarida

 
Em 30/06/08, Hugo André Carvalho Poeira <[hidden email]> escreveu:
 

Olá Duarte,

 

Muito obrigado pelo contributo, vamos ler com bastante atenção. Qualquer dúvida que surgir voltamos a falar.

 

Cumprimentos,

Hugo Poeira



 
Em 30/06/08, Duarte Carreira <[hidden email]> escreveu:
Ola Hugo.

Dou a minha contribuicao abaixo (marcada com *), junto as questoes colocadas.

Cumps,
Duarte

-----Mensagem original-----
Date: Mon, 30 Jun 2008 12:38:13 +0100
From: " Hugo Andr? Carvalho Poeira " <[hidden email]>
Subject: [Portugal] D?vidas na arquitectura de sistema baseado em
       OSGeo
To: "Lista Portugal OSGeo" <[hidden email]>
Cc: [hidden email], [hidden email]
Message-ID:
       <[hidden email]>
Content-Type: text/plain; charset="windows-1252"

Olá a todos,



Estando o Núcleo de Informação Geográfica (NIG) do Departamento de Ambiente
e Espaços Verdes (DAEV) da CML, a desenvolver esforços no sentido de adoptar
no SIG do DAEV uma estrutura baseada em Software Livre, gostávamos de obter
algum feedback relativamente as nossas duvidas iniciais.





Pretendemos ter uma solução PostgreSQL/Postgis como banco de dados central,
servir informação através de Intranet e Internet (Web Map Services)... Qual a
arquitectura de sistema a implementar?
*Penso que a arquitectura mais simples sera ter uma maquina onde se instala todo o software, e avaliar a partir daqui a performance que se obtem.
Podem comecar por instalar numa so maquina o PostgreSQL+Postgis e o servidor Web (Apache ou IIS) e o servidor webgis (MapServer, GeoServer, ...). Mais tarde podem separar a bd da Web em 2 maquinas, ou mesmo separar os 3 componentes em 3 maquinas distintas.
Depois da instalacao e configuracao inicial so precisam de carregar os dados para o Postgis. Podem usar logo aqui uma aplicacao SIG que tenha a capacidade de carregar dados em Postgis, como o Quantum GIS. Pessoalmente tenho tido alguns problemas nesta fase com o gvSIG (caracteres portugueses).
Em seguida, configura-se um primeiro servico WMS no servidor webgis escolhido. E testa-se com um cliente qualquer desktop para começar - novamente o QGIS ou o gvSIG sao optimos candidatos. Alias, ate o ArcGIS serve... Todos estes programas conseguem conectar-se a servicos WMS. Um dos meus favoritos e o Gaia. Depois dos testes serem bem sucedidos ja o vosso servico WMS pode ser consumido por todas as aplicacoes consumidoras de servicos WMS. So tem de assegurar-se que o vosso servidor pode ser acedido a partir da Internet se quiserem dar acesso publico.
Como se criam servicos WMS? Passa sempre por definir uma configuracao de mapa, indicando os layers, os dados de cada layer, a simbologia, etc. No caso do MapServer pode ate ser usado o Notepad para criar um ficheiro de configuracao, mas e preciso seguir a sintaxe religiosamente... No GeoServer a configuracao e feita com uma interface Web, mas a simbologia tem de ser criada com SLD (o que pode ser considerado uma vantagem ou desvantagem consoante os gostos!).
Uma outra fase sera implementar o vosso próprio site de consulta e visualizacao dos servicos wms, mas esta fase quanto a mim nao sera obrigatoria. Depende dos vossos objectivos: i) querem publicar dados via WMS; ou ii) querem disponibilizar um visualizador desses dados? Podem querer i) ou ii), ou ainda ambos... Aqui podem usar o OpenLayers, ou o I3Geo, como ja foi sugerido, e muitas outras opcoes. A grande dificuldade, parece-me, sera a de escolher a opcao que se adequa com as capacidades de programacao Web de que dispoem. Ha opcoes para programadores (OpenLayers) e outras que exigem "apenas" uma configuracao do visualizador (I3Geo) e a instalacao de uma linguagem de programa web (eg PHP). E preciso procurar um pouco...
Depois surgirao ainda outras questoes sobre a publicitacao dos vossos serviços em portais e infraestruturas de dados como o SNIG, para que outras instituicoes e o publico possam encontrar-vos mais facilmente (novamente depende dos vossos objectivos).

Quais o meios técnicos informáticos necessários ao nível do hardware, e
quais devem ser os seus requisitos mínimos, tanto para servidor como para
cliente?
*Isto obviamente depende de varios factores, como sempre. Mas para uma bd Postgis com poucos clientes conectados, e com layers e queries nao muito pesados podem contar com 512MB de RAM ocupados. Mas isto facilmente sera ultrapassado dependendo dos dados e do n.º de clientes ligados em simultâneo. Mas para testes iniciais com poucos dados e poucos clientes deve ser suficiente. Para os servidores Web+webgis contem com outros 512MB, o que totaliza 1GB. Portanto para testes e como mínimo podem tentar usar uma maquina com 1GB de RAM, mas eu optaria sempre por 2GB... Na maquina cliente, qualquer PC actual que consiga executar o Word 2007 consegue executar o gvSIG, QGIS, ou Gaia. Aqui a grande limitacao com a memoria sera a capacidade de carregar shapefiles ou imagens "pesados". Isto sao observacoes que faco a partir da minha experiencia pessoal. Outros colegas poderao naturalmente discordar e apresentar outros numeros.
Penso que a grande questão nos recursos sera a dos recursos humanos. Deve haver uma reserva de tempo para dedicar 100% a uma primeira fase de investigacao, aprendizagem e crescimento tecnico. A pessoa a dedicar ao projecto se nao tiver conhecimentos web deve pelo menos ter alguma apetencia pela informática para que possa apreender novos conceitos facilmente. Todos estes softwares tem muita literatura de apoio e foruns de suporte. Mas e preciso conhecer o idioma informatico... e ter tempo.


Quais os softwares a ter em conta para a implementação desta solução, tanto
para produtores de IG como para utilizadores que consultam a informação?
*Para carregar informacao no Postgis usa-se o formato shapefile. Portanto, quem quer que produza shapefiles correctamente estara em condicoes de alimentar a bd, desde que se respeite o modelo de dados (tabelas, colunas, chaves, etc.). Mas - e isto pode ser discutível - parece-me que a facilidade de integracao depende das ferramentas que se escolher para carregar a informacao. Isto porque cada ferramenta tem a sua "mania" (leia-se limitacao). Com a experiencia e fazendo testes chega-se a nossa forma preferida de carregar dados, e a partir daqui chega-se aos requisitos.
Para consultar os servicos WMS e preciso apenas ter um software que se conecte, e de preferencia algum conhecimento sobre WMS e sistemas de coordenadas.

Não sei se me consegui explicar bem : ) espero que sim
*Eu é que espero ter conseguido explicar-me bem...!

Muito obrigado, cumprimentos

Hugo Poeira
_______________________________________________
Portugal mailing list
[hidden email]
<a onclick="return top.js.OpenExtLink(window,event,this)" href="http://lists.osgeo.org/mailman/listinfo/portugal" target="_blank">http://lists.osgeo.org/mailman/listinfo/portugal



_______________________________________________
Portugal mailing list
[hidden email]
http://lists.osgeo.org/mailman/listinfo/portugal